Faces: Luz Marina – Luz Marina (2013)

Nascida no Pantanal e criada em São Paulo, a cantora apresenta suas composições com diversos parceiros

“Um mergulho refrescante na agradável música de Luz Marina.A temperatura dos sons parece fazer toda a diferença quando o objetivo é imergir-se no profundo mar que habita o preciso mundo da canção, das poesias e das graves batidas pouco evidenciadas nesse novo ciclo de resgate que muitas vezes se repete sem uma respeitável apropriação de sentimentos e relação com os universos de origem. Luz Marina acaba de nos apresentar o seu primeiro álbum homônimo, cheio de delicadezas e profundas batidas que nos intercalam em dubs, programações e um “up” revigorante de fino reggae. Uma energia cheia de acalanto e uma entrega final que resulta em seu novo e elogiado disco. Filha de Alzira Espíndola, Luz possui um brilho muito particular. Um traço novo que mistura as águas da vanguarda com o a crônica contemporânea.Depois de alguns meses de produção içada na premissa da qualidade e da estética real de seu desejo sensitivo, Luz emerge ao mundo uma preciosa obra sonora. Uma representação geniosa de sua energia já sensitiva e admirada nos palcos e também fora dele. Uma sequência de respeitosas parcerias que não sobrepões em momento algum, a autenticidade e a promessa de seu futuro na música. Cantora e compositora, a bela ainda aplica ao seu universo, sua pesquisa particular sobre a relação existencial da música na pessoa, um estudo elaborado em seu mestrado na USP.

O álbum conta com uma parte do grande elenco que aprecia e caminha na mesma direção, em preservação à qualidade de criar e ampliar os caminhos para o novo, sem fechar a passagem para revisitar as eternas referências. Em seu mar de talentos, a influência que te densifica margeia a poesia e a literatura de Clarice Lispector, Manoel de Barros, Alice Ruiz e Paulo Leminski. Em sua compilação há duas parcerias com as obras de Alice Ruiz e Paulo Leminski, duas ricas canções que somam-se a outros grandes nomes como: Alzira E, Anelis Assumpção, Thalma de Freitas, Lucina, Daniel Viana, entre outros. A produção também é assinada pela própria, juntamente com Daniel Viana e mixagem de Victor Rice, masterização de Fernando Sanches e Ney Marques.

O processo artístico em estúdio contou com nada mais, nada menos que: Curumin, João Taubkin, Du Moreira, Marcelo Dworecki, Cris Scabello, Bruno Buarque, Mau, Charles Tixier, Ney Marques e uma participação incrível de Maurício Pereira.Ouvi esse trabalho diversas vezes, em diversos momentos, e o que ficou em mim, é somente Luz.
 E eu só tenho a agradeçer!”(TEXTO DE MUSICOTECA)

 

Luz Marina - 2013

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: