Melhores de 2013: # 1. Artic Monkeys : AM

artic2013

O nosso álbum do ano. O Artic Monkeys tem tudo de melhor que as bandas britânicas  têm. AM é o seu quinto álbum de estúdio, lançado em 9 de setembro de 2013. Melodias gostosas, rock de primeira, ecos de Beatles, de anos oitenta e de vanguardismo. Muito bom. Ouça sempre !

 

Os Melhores de 2013: # 2. Kanye West : Yeezus

yeezus

 

Yeezus , o sexto álbum de estúdio a solo do rapper norte-americano Kanye West, lançado a 18 de Junho de 2013. Coroando nosso ano, forte em rap e hip hop, Kanye West lançou um dos discos mais elogiados do ano. Tente não escuta-lo apenas como mais um disco de rap. Preste atenção nas melodias de fundo, na experimentação constante, na ousadia. Musicalmente, Yeezus possui uma sonoridade obscura e experimental, combinando elementos estilísticos de dancehall, acid house e música industrial. A promoção inicial do disco inclui várias projecções a nível mundial das músicas incluídas no alinhamento e atuações ao vivo em programas de televisão.

Os Melhores de 2013: # 3. Maglore : Vamos para a Rua

Maglore

Maglore é uma banda de música popular brasileira e rock, formada em meados de 2009 e é composta por Teago Oliveira (voz e guitarras) Leo Brandão (teclado e guitarras) Nery Leal (contrabaixo) e Felipe Dieder (bateria). O único EP da banda, “Cores do Vento”, foi lançado em 2009 (independente) e recebeu boas críticas nos diversos blogs de relevância nacional, como o Rock n’Beats, El Cabong, Scream Yell e o extinto Laboratório Pop. Entre os artistas que elogiaram o trabalho, está Henrique Portugal (tecladista do grupo Skank).

O primeiro álbum do Maglore, “Veroz” (independente/Melody Box) foi considerado uma das revelações da música brasileira no ano de 2011, pelo jornal O GLOBO e entrou para listas de diversos Blogs no mesmo ano, na categoria “Melhores do Ano”. Agora eles retornam com o belíssimo Vamos para a rua.

“Majestosamente, a obra conta com participações mais do que nobres. Além de resgatar sua origem, amplifica sua canção com um pouco do universo vocal do alagoano referência para a nova geração, Wado, e do multivalente Carlinhos Brown. Sem se esquecer da mixagem e masterização de nada mais, nada menos, que Fernando Sanches. Também com produção e fotografias incríveis de Azevedo Lobo para a arte gráfica. Absurdamente abusados”(Musicoteca)

Maglore é Teago Oliveira (voz e guitarra), Leo Brandão (teclado, guitarra e voz), Felipe Dieder (bateria) e Nery Leal (baixo e voz). – See more at: http://www.amusicoteca.com.br/?p=8111#sthash.4Pi3o8ex.dpuf

Os Melhores de 2013: # 4. Ka – The Night’s Gambit (Iron Works)

ka

Parece que 2013 foi o ano dos grandes discos de Rap e Hip Hop . Aqui mais um : o autor Kaseem Ryan (born 1972), better known by his stage name Ka. Prepare-se para ser incomodado. Um rap diferente, mais sombrio, mais lento, profundamente negro. Escute e se possível leia as letras.

Os Melhores de 2013: # 5 Odilara: Janela para o Mundo

Odilara

E tem mais mineiro no nosso Top 10. “Se você pensa que já ouviu tudo o que é possível sair da mistura de samba e rock, corra para conhecer o segundo disco do quinteto mineiro Odilara. Um trabalho inteiramente autoral, com percussão e metais fortes, guitarra sempre presente e a voz clara de Andréa Furtini . As doze canções do álbum acionam sorrisos e servem para animar salões.”(Os Melhores da Música Brasileira)  Um sopro de novidade na MPB. Bem vindos meninada do Odilara, já estamos ansiosos para ouvir o próximo CD.

Os Melhores de 2013: #6. Beyoncé: Beyoncé

beyonce

Beyoncé (estilizado como BEYONCÉ) é o quinto álbum de estúdio da artista musical estadunidense Beyoncé, lançado em 13 de dezembro de 2013 . Descrito como um “álbum visual”, pela própria artista, o projeto conta com quatorze faixas e dezessete vídeos musicais gravados durante 2013, em vários lugares do mundo, como Houston, Nova Iorque, Paris, Sydney, Trancoso e Rio de Janeiro. Musicalmente, Beyoncé é um álbum R&B eletrônico, combinando produção minimalista, estrutura da canção solta e vocais emotivos. Knowles revisita seu tema comum de auto-capacitação, embora o álbum distingue-se das versões anteriores devido ao seu discurso franco sobre a sexualidade feminina. Beyoncé ( ex-líder e alma das Destny’s Child)  é certamente a nossa versão moderna de Diana Ross (ex-líder e alma das Supremes) com uma vantagem Beyoncé compõe, produz e coreografa melhor que Diana.

 

Os Melhores de 2013: # 7.

Naoz

 

Uma das principais vozes da “Vanguarda Paulista”, a cantora Ná Ozzetti lançou seu décimo álbum na carreira solo. “Embalar”, produzido pela cantora, Dante Ozzetti, Mário Manga, Sérgio Reze e Zé Alexandre Carvalho Com 11 faixas, o novo trabalho da Ná Ozzetti, uma das melhores cantoras do país,  veio recheado de participações especiais: Monica Salmaso participa da faixa “Minha Voz”, Juçara Marçal aparece em “Musa da Música” e Marcelo Preto divide os vocais com a cantora em “Olhos de Camões”. Um clássico para matar as saudades do Grupo Rumo.

Os Melhores de 2013: # 8. Drake : Nothing was the same

drake

Nothing Was the Same é o terceiro álbum de estúdio pelo rapper canadiano Drake, lançado em 23 de Setembro de 2013. Como produtor executivo, o cantor listou ainda outros profissionais do ramo, como 2 Chainz, Big Sean e Lil Wayne. Noah “40” Shebib (exec.), Bink!, Boi-1da, Chilly Gonzales, Detail, Hit-Boy, Hudson Mohawke, James Blake, Jamie xx, Key Wane, Majid Jordan, Mike WiLL Made It, Mike Zombie, Nineteen85, T-Minus, foram outros nomes apontados que trabalharam no disco. Para sua divulgação, foram divulgados dois singles que conseguiram atingir as dez melhores posições de vários países, sendo eles “Started from the Bottom” e “Hold On, We’re Going Home”. Drake é um rapper extremamente melódico e me agrada muito.

Os Melhores de 2013: # 9. Apanhador Só : Antes que tú conte outra

apanhador

O Apanhador Só já é um habitué do Vitrola. Antes que Tu Conte Outra é o seu segundo álbum de estúdio da , financiado através de crowdfunding,foi lançado em 21 de maio de 2013 no site da banda e nas plataformas SoundCloud, Deezer e iTunes. Contém 12 faixas e teve uma recepção favorável da crítica e dos fãs. Foi o vencedor do prêmio de melhor álbum de música popular pela em 2013. Para nós consolidou o bom trabalho mostrado no álbum de estreia e provou ser candidato a um dos grandes da MPB.

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: