Faces: Peter Doherty & The Puta Madres – Paradise Is Under Your Nose (2019)

Resultado de imagem para Peter Doherty & The Puta Madres

 

Na sua escuta diária do vos lançamentos, o Vitrola ouviu Peter Doherty & Puta Madres, uma banda multinacional, formada por Pete Doherty (vocais, guitarra rítmica) ex-Libertines e Babyshambles. O primeiro álbum da banda, é chamado Peter Doherty e The Puta Madres, foi lançado em 26 de abril de 2019.] Em 28 de janeiro, eles lançaram seu single de estréia, “Who’s Been Being You Over“, seguido de “Paradise is Under Your Nose” em 5 de abril. O som da banda é muito gostoso e me remeteu a Dexy’s Midnight Rangers. Muito bom. Curtam: 

Membros:
  • Pete Doherty – vocais, guitarra ritmica, sitara, letras (2016–presente)
  • Jack Jones –  guitarra líder (2016–presente)
  • Katia De Vidas – piano, teclados (2016–presente)
  • Miki Beavis – violino (2016–presente)
  • Miggles – baixo (2017–presente)
  • Rafa – bateria (2016–presente)

Escute o álbum: 

 

Melhores Álbuns Internacionais de 2015

 

Custou, mas saiu a lista do Vitrola dos Sousa dos melhores álbuns internacionais de 2015. Foram consultadas as listas de diversos sites especializados * , escutadas as músicas e feita a nossa própria seleção:

(* Mojo, Gazeta, Collector’s Room, Q, Uncut A, Uncut N, Spin, Time, Stereogun, TMAQD, Billboard, NME, Rolling Stone, Rolling Stone Brasil, Central MPB, Amazon, Miojo, Na Mira do Groove)

  1. Alabama Shakes – Sound & Colour
  2. Buddy Guy – Born to Play Guitar
  3. Kurt Vile – B´Lieve I’m Going Down
  4. John Grant – Grey Tickles,Black Pressures
  5. Chris Stapleton- Traveller
  6. New Order – Music Complete
  7. Blur – The Magic Whip
  8. Wilco- Star Wars
  9. Sufjan Stevens – Carrie & Lowell
  10. Adele – 25
  11. Jason Isbell – Something More Than Free
  12. Mbongwana Stars – From Kinshasa
  13. Ryley Walker – Primrose Green
  14. Songhoy Blues- Music in Exile
  15. Deerhunter- Faded Frontier
  16. Matthew E. White – Fresh Blood
  17. Bill Ryder-Jones – West Kirby County Primary
  18. Noel Gallagher’s High Flying Birds – Chasin Yesterday
  19. Keith Richards – Crosseyed Heart
  20. Boz Scaggs – A Fool to Care
  21. Don Henley – Cass County
  22. Sleater-Kinney – No Cities to Love
  23. Julia Holter – Have You in MY Wilderness
  24. Jim O’Rourke – Simple Songs
  25. Natalie Prass- Natalie Prass
  26. Sleafod Mods- Key Markets
  27. Chvrches- Every Open Eye
  28. Paul Weller – Saturns Pattern
  29. Robert Forster – Songs To Play
  30. The Maccabees- Marks to Prove It
  31. Wolf Alice – My Love is Cool
  32. Richard Thompson – Still
  33. Erykah Badu – But You Cain’t Use My Phone
  34. Mark Knopfler – Track
  35. Darlene Love – Introducing Darlene Love
  36. The Chemical Brothers – Born in The Echoes
  37. Mac de Marco – Another One
  38. Neil Young & The Promise Of The Real – The Monsanto Years
  39. David Gilmour – Rattle That Lock
  40. James Taylor – Before This World
  41. Joanna Newsom – Divers
  42. Björk – Vulnicura
  43. Florence + The Machine – How Big,How Blue,How Beautiful
  44. Foals – What Went Down
  45. The Weeknd – Beauty Behind the Madness
  46. Lana Del Rey – Honeymoon
  47. Bob Dylan – Shadows in The Night
  48. The Libertines – Doomed Youth
  49. Mark Ronson – Uptown Special
  50. Sun Kil Moon – Universal Themes
  51. Iron Maiden -The Book of Souls
  52. My Morning Jacket – The Waterfall
  53. Jill Scott – Woman
  54. Belle & Sebastian – Girls In Peacetime Want To Dance
  55. Jimmy Sommerville – Homage
  56. Julieta Venegas – Algo Sucede
  57. Drake – If You’re Reading This It’s Too Late
  58. Bring Me the Horizon – That’s The Spirit
  59. Tame Impala – Currents
  60. Beach House – Thank Your Lucky Star

Melhores de 2015: Bob Dylan – Shadows in The Night

 

Antecipando mais um nome, desta vez de nossa lista internacional, temos Bob Dylan com seu extraordinário e srpreendente Shadows in The Night, uma homenagem a Sinatra. Imperdível.Deste álbum escutem:

Live So Far & Some

 

 e Stay with me

Faces: Amy Helm – Rescue Me (2015)

Amy Helm (nascida 3/12/1970) é uma cantora e compositora americana  filha do lendário baterista do The Band, Levon Helm e da cantora Libby Titus. Ela foi e é membro de várias bandas : Levon Helm Band, the Dirt Farmer Band, the Midnight Ramble Band, Ollabelle,e Amy Helm & The Handsome Strangers. Agora, com a sua própria banda, lança seu lindo album de estreia , Didn’ it Rain

Paylist: The Longest Mixtape – 1000 Songs For You

Inaugurando nossa nova sessão – Playlist, o nosso DJ hoje é especial. O músico canadense Caribou (Dan Snaith) divulgou recentemente o que ele chama de “A Mais Longa Mixtape”, uma coleção de mil músicas importantes para a sua carreira. A lista inclui faixas de nomes como Kanye West, Arthur Russell, Madvillain, The Zombies, Pusha T, Wire, Missy Elliott e muitos outros. Como ele recomenda, coloque no modo aleatório e curta este milhar de boas músicas:

Série: Lojas de Disco: A Pop Rock (BH)

Já postei uma nota comentando sobre meu primeiro disco, agora vamos cutucar de novo o passado. Vamos relembrar algumas lojas de disco, a maior parte já fechadas, outras ainda em funcionamento. Porque lembrar de lojas de disco ? É que para a minha geração a loja de disco funcionava mais ou menos como um templo, e o vendedor de sua preferência como um sumo sacerdote.

A primeira e mais importante, em BH , era a Pop Rock. Era lá que íamos esperar ansiosamente a chegada dos “petardos” lançados pela Cultura AM. Quem lembra do endereço? Rua Tupis 437 – Centro

Era ali, quase esquina com a Rua São Paulo, descendo em direção a Avenida Amazonas, onde hoje está localizada uma Igreja Pentescotal. Era uma loja pequena, com um grande acervo, que mantinha colada na sua parede uma outra raridade na época, a parada de Hot 100 da Billboard, com os discos que já haviam chegado à loja marcados com caneta marca texto amarela , para facilitar o pedido. O sumo sacerdote, também dono da loja –  se não me engano, Nelson Canaan atendia pessoalmente e  dava preciosas dicas. Era lá, antes de existir internet, com poucas revistas especializadas, que os fanáticos se reuniam para comprar e trocar preciosas informações.


Mate a saudade do selinho da Pop-Rock, presente em uma boa parte da minha coleção de compactos e LP’s

Compacto simples com o selo da Pop Rock

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: