Busca

Vitrola dos Sousa

Um pouco de música, bom gosto e família

Categoria

Faces

Faces: Peter Doherty & The Puta Madres – Paradise Is Under Your Nose (2019)

Resultado de imagem para Peter Doherty & The Puta Madres

 

Na sua escuta diária do vos lançamentos, o Vitrola ouviu Peter Doherty & Puta Madres, uma banda multinacional, formada por Pete Doherty (vocais, guitarra rítmica) ex-Libertines e Babyshambles. O primeiro álbum da banda, é chamado Peter Doherty e The Puta Madres, foi lançado em 26 de abril de 2019.] Em 28 de janeiro, eles lançaram seu single de estréia, “Who’s Been Being You Over“, seguido de “Paradise is Under Your Nose” em 5 de abril. O som da banda é muito gostoso e me remeteu a Dexy’s Midnight Rangers. Muito bom. Curtam: 

Membros:
  • Pete Doherty – vocais, guitarra ritmica, sitara, letras (2016–presente)
  • Jack Jones –  guitarra líder (2016–presente)
  • Katia De Vidas – piano, teclados (2016–presente)
  • Miki Beavis – violino (2016–presente)
  • Miggles – baixo (2017–presente)
  • Rafa – bateria (2016–presente)

Escute o álbum: 

 

Faces: Mon Laferte – Chilango Blues (2019)

Resultado de imagem para Mon Laferte

Norma Monserrat Bustamante Laferte (Viña del Mar, 2 de mayo de 1983), conhecida artisticamente como Mon Laferte, é uma cantora e compositora chilena. Toca diversos instrumentos musicais atua em diversos gêneros musicais. É a artista chilena mais escutada no Spotify em nivel mundial. Em 2017  teve 5 nomeações  no Grammy Latino e a  segunda a conseguir mais nominações nestes prêmios (8 nominações em três edições).

Faces: Harmonia do Sampler – Mal Acostumado (2018)

Resultado de imagem para HarmoniadoSampler

Uma versão bem divertida dos brasilienses do Harmonia do Sampler. “Harmonia do Sampler é a síntese do espaço-tempo contemporâneo que estabiliza a frequência das estrelas”. (Caetano Veloso).

Do sertanejo ao drumandbass, do axé ao house, do brega ao funkmelody, do pagodão ao trap, a cultura de massa brasileira misturada as várias vertentes da dancemusic é a matéria prima utilizada para de divertirem no conceito da fuleragem hype. (Sua Música)

Harmonia do Sampler’, formado por Caê Maia nos vocais, Rafael Ops nas programações eletrônicas e Cleber Machado na produção executiva.

Faces/Lançamento : Gui Hargreaves – Horizonte (2018)

gui

Em final de janeiro o mineiro e Gui Hargreaves lançou um novo single, antecipando o aguardado lançamento de seu álbum. ” Gui Hargreaves é um novo autor e artesão da música brasileira. Sua voz acompanhada por seu violão cria uma esfera de som paradoxalmente leve e densa. Sua música retrata  lugares que ele vai e  imagens fortes  e fala de relações humanas, sentimentos e mal-entendidos, viagens,caminhadas e sonhos.Com isto ele traz elementos tradicionais e populares da cultura brasileira até o presente.” (Texto traduzido de Bandcamp)  Pela amostra vem coisa boa por aí. O Vitrola escutou e aprovou.

Fim de Janeiro:

A nossa conversa/ dissolve o passado/ nas curvas da vida estou a seu lado

nunca se sabe/ quem vai se perder/ a estrada se abre,/ pra mim, pra você

loucuras da vida/ um lance do acaso/ minha medida /meu laço/

mas pra mim que sorte/ ser você fim de janeiro é com você/ fevereiro é só você/ e depois já ser nós dois

o medo vai embora,/ e o amanhecer/ não quero que chegue/ eu só quero você

loucuras da vida/ um lance do acaso/ minha medidameu laço

mas pra mim/ que sorte ser você fim de janeiro é com você/ fevereiro é só você/ e depois já ser nós dois

e o verão que vem pra crer/ vem pra festejar/ nós dois é só o tempo de despi/r e o depois é pra depois

hm você hm nós dois é

Gui Hargreaves, 2018 Letra e música por Gui Hargreaves

Produzida, gravada, mixada e masterizada por Leonardo Marques no estúdio Ilha do Corvo em Belo Horizonte

Spotify​ https://open.spotify.com/album/55ULjp…

Deezer​ http://www.deezer.com/track/453269262…

YouTube​ https://youtu.be/eLpRL-RrSEE Apple Music​ https://itunes.apple.com/br/album/fim…

Ouça mais Gui Hargreaves, em seu álbum de estreia: Braseiro:

 

Faces: Amanda Palmer & Edward Ka Spel – Beyond the Beach (2017)

Resultado de imagem para amanda palmer

Você gosta de Laurie Anderson e suas performances ? Então você vai curtir Amanda Palmer. Amanda MacKinnon Gaiman Palmer(nascida em  30/04/1976), algumas vezes conhecida como Amanda Fucking Palmer,é americana, cantora, compositora e performer , líder da banda  The Dresden Dolls. Ela atua como uma  artista solo e também como a outra metade do duo   Evelyn Evelyn, e como cantiora e compositora líder da singer Amanda Palmer and the Grand Theft Orchestra. Vale a pena conhecer.

Baixe o CD de Amanda de graça no Raras Músicas

Faces:Black Alien – Homem de Família ( Clipe Oficial – Em Libras ) – 2016

Resultado de imagem para black alien

Gustavo de Almeida Ribeiro Junior (São Gonçalo, 07 de junho de 1972), mais conhecido pelo seu nome artístico Black Alien é um rapper, cantor e compositor brasileiro. Subiu em um palco pela primeira vez em 1993, e desde então desenvolve uma trajetória de participações com artistas como Paralamas do Sucesso, Charlie Brown Jr., Fernanda Abreu, Raimundos, Banda Black Rio, Marcelinho da Lua, Sabotage, entre outros. Integrou o Planet Hemp, grupo do qual também fazia parte Marcelo D2, e fundou o grupo Reggae B, em parceria com o baixista Bi Ribeiro, dos Paralamas do Sucesso.

 

A novidade é que Black Alien tem feito shows ao lado do Fabiano Gold, intérprete de libras, a língua brasileira dos sinais pra deficientes auditivos. Seu novo clipe é totalmente direcionado para essa línguagem. “Homem de Família” tem as participações dos intérpretes Fabiano GoldDiego Martins, além do b.boy Pelezinho. Segundo o próprio Black Alien, o crescimento dos deficientes auditivos em seus shows aumentou desde o início dessa parceria.

O nosso maior desafio foi criar uma nova forma de trabalhar. Geralmente, quando a pessoa precisa dançar no clipe, a gente solta um playback para que ela dance ou faça uma coreografia no ritmo. Com Bruno Canuto Silva, que é deficiente auditivo, a estratégia tinha que ser outra e foi uma experiência incrível desenvolver essa nova dinâmica de edição e montagem”.

Lecuk Ishida – Diretor

Música: “Homem de Família ”
Autores: Gustavo de Almeida Ribeiro (Black Alien) e Alexandre Carmona ( A-Basa )
Clipe: Homem de Família
Participações: Fabiano Campos, Bruno Canuto e Diego Martins

Ficha técnica:
Direção: Diego Querzoli, Drico Mello e Lecuk Ishida
Diretores de fotografia: Diego Querzoli , Ernesto Kobayashi e Drico Mello
Produção executiva: Juliana Schwanz e Luis Lopes
Assistente de direção: Camilla Loyolla
Editor: Matheus Copriva
Make e hair: Yuri Moncelli
Figurino: Nike, Lema + New Era, Converse e High High.
Produzido por: Bobó Filmes e Extrapunk Extrafunk

Faces:Phillip Long -Raízes no quintal (2016)

Resultado de imagem para Phillip Long

 

Não é de hoje que Phillip Long vem encantando os fãs com sua música, mas com 6 álbuns lançados, ele já é uma das grandes revelações do cenário nacional. Influenciado pelo gênero folk, suas músicas falam de amor, frustações, relacionamentos e outros aspectos pessoais. A maioria das suas canções são em inglês, e o seu álbum Sobre Estar Vivo é o primeiro com músicas totalmente em português.

Faces: Forró Red Light – Criolina de Iemanjá (2016)

Geninho Nacanoa e Ramiro Galas formam o  Forró Red Light, um projeto com uma proposta-missão de inovação em um dos estilos mais consagrados no universo musical brasileiro: o forró. Entretenimento e diversão são o alicerce desse som, que sopra novos ventos, trazendo uma pesquisa de música com versões e remixes de clássicos do forró e do xote, mas com uma pitada diferente: um molho eletrônico. As músicas autorais também animam esse forró para “dançar agarradinho”. Bases eletrônicas e samples fazem o reboco da animação em um sistema forrobodó live PA. A proposta é de um som pegado, um fungado constante de cangote, com um arrastado de chinela buliçosa. Nossa atmosfera é de um arrasta-pé do futuro! (Press Release)

 

Faces:Rhaíssa Bittar – Os Descendentes (2013)

Rhaissa Bittar passou a infância cantando com seu microfone de plástico roxo. Aos 16 anos

participou de montagens musicais e ganhou dois prêmios de melhor atriz no 17º Festival Estudantil de Teatro do Estado de São Paulo, no conservatório de Tatuí, e no 3º Festival Estudantil de Teatro em Sorocaba, no Sesi.

Aos 17, caiu no chorinho, e no samba, e integrou o grupo de Coisa Linda de Deus, aos 18, partiu para Taiwan, na China, onde fez intercâmbio escolar durante um ano e teve aulas de música, canto e dança tradicionais do país. De volta ao Brasil, gravou uma campanha
publicitária com a música Don’t Let me be Misunderstood.

 

Diante do sucesso do vídeo, que ficou disponível na internet, Rhaissa foi convidada para cantar em um desfile de grife e teve grande repercussão nas redes sociais. Com o apoio da Panela Produtora, a jovem cantora gravou seu primeiro disco, Voilà, lançado em 2010,
Convidada participar de outros projetos, Rhaissa gravou”Xote das Meninas”para a
exposição do SESI intitulada “Baixio dos Doidos”  (jun/2012) que homenageou Luiz
Gonzaga; em 2011 gravou O Vira para uma releitura do disco conhecido como Banquete
das Cabeças da banda Secos e Molhados;

 

No segundo semestre de 2014, Rhaissa lançou o disco Matéria Estelar, projeto da Panela Produtora com participação de Jum Nakao na direção estética. No álbum, a jovem dá voz a objetos como uma pera, que leva um fora de um caju; uma lista telefônica que desempregada consegue uma função de peso no Sebo do Messias ; e até o brinco
de pérola da menina retratada na obra prima do pintor holandês Johanenes Vermeer ganha vida nos apólogos do CD.

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: