Arquivo da tag: Scott Joplin

Ouvir Jazz: Post 5 – Ragtime

Resultado de imagem para ragtime piano

Contemporâneo do blues, o ragtime influiu intensamente no desenvolvimento do  jazz inicial. Às vezes fica difícil separar jazz do ragtime, mas existem diferenças significativas.

“ As semelhanças entre os dois estilos relacionam-se principalmente às técnicas de teclado. No rag a mão esquerda faz o baixo pesado, enquanto a direita repete sincopações.”  (Ted Gioia)

O jazz se apropriou tanto das estruturas feitas com a mão direita no piano, quanto das usadas pela mão esquerda. Este modo de tocar influenciou toda uma geração de pianistas de jazz, sendo chamado de ragging ou ragged time.

 

Considera-se  como a primeira obra de ragtime publicada  “Mississippi Rag” (1897), composta por William Krell. Mais tarde, no mesmo ano, Tom Turpin se tornou o primeiro compositor negro a publicar uma composição de ragtime com seu trabalho “Harlem Rag“.

” St Louis Rag ” (1903) composed by TOM TURPIN, on a piano roll

O ragtime se tornou tão popular na virada do século (como o choro no Brasil), que os críticos musicais resolveram ataca-lo.  Na época, a  revista Metronome declarou: “Lamentamos pensar que alguém possa imaginar que o ragtime tenha a menor importância musical. É uma onda popular na direção errada”.

 

Resultado de imagem para ragtime piano

 

Em meio a essa rápida disseminação de um novo estilo musical, o termo “rag” invariavelmente tornou-se usado em demasia, mal aplicado, muitas vezes sendo empregado para denotar uma ampla gama de expressões musicais afro-americanas. Muitas peças desse período usam a palavra “rag” em seu título, embora tenham pouca semelhança com o que veio a ser conhecido como estilo de rag “clássico”, assim como muitas das chamadas composições de “blues” se desviaram, consideravelmente, do padrão original.

 

Assim como o blues rural floresceu no Delta do Mississipi e o jazz em Nova Orleans, o ragtime chegou ao auge no Missouri, especialmente em Sedalia (capital do estado), Cartago e St.Louis.O movimento se deu largamente em torno de Scott Joplin que reuniu em torno de si um grupo de pianistas promissores, incluindo Scott Hayden e Arthur Marshall. Os três acabaram se mudando para St.Louis e junto com os compositores locais como Louis Chauvin, Tom Turpin e Artie Matthews fixaram o estilo.

Deixe um comentário

Arquivado em Arthur Marshall, Artie Matthews, Diversas, Jazz, Louis Chauvin, Ouvir Jazz, Ragtime, Scott Hayden, Scott Joplin, Tom Turpin, William Krell

Memória: Scott Joplin

Scott Joplin (* Julho/1867  ou Janeiro/ 1868 – + 01/04/1917)

Scott Joplin foi um compositor e pianista americano, nascido em uma família afroamericana, no Texas. Ele se destacou por suas  composições de ragtime e por isto foi apelidado de ” O Rei do Ragtime”. Joplin escreveu 44 peças originais de ragtime , um ballet, e duas óperas . Sua composição “Maple Leaf Rag”, de 1899, se tornou o mais importante hit e um protótipo para o ragtime. Esta composição trouxe fama e respeito para Scott Joplin, propiciando inclusive que ele passasse a viver de seus royalties. Ele nunca mais teve o mesmo sucesso com outra música, tendo mudado para Nova York em 1907, onde veio a falecer em decorrência de complicações da sífilis terciária. Scott Joplin foi “redescoberto” nos anos 1970, quando Joshua Rifkin gravou um disco com suas músicas e que vendeu mais de 1 milhão de cópias, puxado pelo sucesso do filme The Sting (No Brasil, Golpe de Mestre), com Robert Redford e Paul Newman e direção de George Roy Hill, que tinha como tema principal a música “The Entertainer”.

Maple leaf rag – Scott Joplin (1899)

The Entertainer – by Scott Joplin (1902)

Veja Scott Joplin na Linha do Tempo

Deixe um comentário

Arquivado em Linha do Tempo, Scott Joplin