O Melhor do Rock Progressivo Brasileiro -1970-1980

As décadas de 1970-1980 foram pródigas em um gênero chamado de Rock Progressivo. Há quem ame, há quem odeie. Não discutimos gosto. Para quem gosta, que tal escutar esta bela coletânea publicada por Bruno Samppa no You Tube ?

Faixas:

1. Som Imaginário – Tema Dos Deuses (1970)
2. Som Imaginário – Armina (Matança do Porco, 1973)
3. A Bolha – Um Passo A Frente (1973)
4. Bixo Da Seda – Vênus (Estação Elétrica, 1976)
5. Casa Das Máquinas – Lar De Maravilhas (Lar de Maravilhas, 1975)
6. Casa Das Máquinas – Vale Verde (Lar de Maravilhas, 1975)
7. Som Nosso De Cada Dia – Massavilha (Snegs, 1974)
8. Som Nosso De Cada Dia – Sinal De Paranóia (Snegs, 1974)
9. Mutantes – “A” e o “Z” (O A e o Z, 1973)
10. Mutantes – Você Sabe (O A e o Z, 1973)
11. Mutantes – Pitágoras (Tudo Foi Feito Pelo Sol, 1974)
12. O Terço – 1974 (Criaturas Da Noite, 1975)
13. Terreno Baldio – Pássaro Azul (Terreno Baldio, 1976)
14. Terreno Baldio – Quando As Coisas Ganham Vida (Terreno Baldio, 1976)
15. Terreno Baldio – Este É O Lugar (Terreno Baldio, 1976)
16. Terreno Baldio – Grite (Terreno Baldio, 1976)
17. Saecula Saeculorum – Saecula Saeculorum (1976)
18. Saecula Saeculorum – Acqua Vitae (1976)
19. Saecula Saeculorum – Constelação De Aquarius (1976)
20. O Terço – Guitarras (Casa Encantada, 1976)
21. O Terço – Cabala (Casa Encantada, 1976)
22. O Terço – Solaris (Casa Encantada, 1976)
23. O Terço – Descolada (Mudança De Tempo, 1978)
24. Azymuth – Águia Não Come Mosca (Águia Não Come Mosca, 1977)
25. Tellah – Segmento (Continente Perdido, 1980)
26. Tellah – Pérola (Continente Perdido, 1980)
27. Bacamarte – Miragem (Depois Do Fim, 1983 – Recorded in 1978)
28. Bacamarte – Último Entardecer (Depois Do Fim, 1983 – Recorded in 1978)
29. Bacamarte – Depois Do Fim (Depois Do Fim, 1983 – Recorded in 1978)

Os Incríveis Anos 70: Eloy

Estar atento à demanda de nossos leitores, um de nossos prazeres. No dia 15/10 o nosso leitor Oseias Fernando perguntou sobre a banda Eloy. Aqui está a informação: Eloy é uma banda alemã de rock progressivo, cujos estilos musicais incluem rock sinfônico e space rock, este último principalmente presente nos álbuns mais recentes. O nome da banda foi inspirado em Eloi, uma raça do futuro na novela A Máquina do Tempo, de H.G. Wells. Apesar da nacionalidade, a banda não é considerada participante do movimento Krautrock, devido ao seu som parecer mais com bandas britânicas de rock progressivo, como Yes e Pink Floyd. É considerada também uma das melhores bandas progressivas dos anos 70.Apesar de atrair público, a banda nunca ganhou popularidade nos Estados Unidos. Apesar disso, membros antigos da banda reuniram-se novamente, e em 1998 os fãs puderam conferir Ocean 2, um retorno ao gênero clássico do progressivo sinfônico do qual a banda era conhecida. Uma sequência do original de 1977, é considerado entre fãs como uma captura bem sucedida do espírito da banda. A propósito, a música a que você se refere deve ser The Apocalypse.

Membros:

  • Frank Bornemann – guitarra e vocal (1971-1984, desde 1987)
  • Erich Schriever – vocal e teclado (1971-1972)
  • Manfred Wieczorke – órgão, guitarra, baixo e vocal (1971-1975)
  • Helmuth Draht – bateria (1971-1972)
  • Wolfgang Stöcker – baixo (1971-1973)
  • Fritz Randow – bateria (1973-1975)
  • Luitjen Janssen – baixo (1974-1975)
  • Detlef Pitter Schwaar – guitarra (1975)
  • Klaus-Peter Matziol – baixo (1976-1984, desde 1994)
  • Detlev Schmidtchen – teclado (1976-1979)
  • Jürgen Rosenthal – bateria (1976-1979)
  • Hannes Arkona – guitarra (1980-1984)
  • Hannes Folberth – teclado (1980-1984)
  • Jim McGillivray – bateria (1980-1981)
  • Michael Gerlach – teclado (desde 1988)
  • Bodo Schopf – bateria (desde 1998)

Discografia: 1971 – Eloy 1973 – Inside 1974 – Floating 1975 – Power and the Passion 1976 – Dawn 1977 – Ocean 1978 – Live 1979 – Silent Cries and Mighty Echoes 1980 – Colours 1981 – Planets 1982 – Time to Turn 1983 – Performance 1984 – Metromania 1988 – Ra 1992 – Destination 1993 – Chronicles I 1994 – Chronicles II 1994 – The Tides Return Forever 1998 – Ocean 2: The Answer 2003 – Timeless Passages 2009 – Visionary 2013 – Live Impressions (DVD) 2014 – Reincarnation on Stage (2 CD + DVD)

Duas versões de Apocalypse:

Em 2012

Na gravação original:

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: