Déo Rian foi o responsável pela minha paixão pelo chorinho. Na década de 1970, um jovem bandolinista carioca encantava o Brasil e arrebanhava npvos fãs, jovens como ele, para o revival do choro. Esta gravação, que é de 1993 é simplesmente uma das mais belas gravações de choro em todos os tempos:

“Em 17/08/1969, 4 dias após a morte de Jacob do Bandolim, o compositor e citarista Heitor Avena de Castro compôs o belíssimo choro “Evocação de Jacob”, que viria a se tornar um clássico do gênero, merecendo importantes gravações de músicos como Toquinho, Joel Nascimento, Altamiro Carrilho, Waldir Silva e do Conjunto Época de Ouro. Cerca de 35 anos depois, “Evocação de Jacob” receberia uma letra de Cristino Ricardo e seria gravada pela cantora e instrumentista Nilze Carvalho.

Em 1993, o violonista Raphael Rabello e o bandolinista Déo Rian entrariam nos estúdios da BMG (antiga RCA Victor) para gravar o LP “Delicatesse”, com repertório de música clássica. A única música fora do universo erudito a ser escolhida seria justamente “Evocação de Jacob”, aqui num emocionante registro.”

PUBLICADO POR MOREIRANOCHORO