Crítica: Orquestra Sinfônica de Minas Gerais convida MÔNICA SALMASO – Palácio das Artes – Belo Horizonte – 31/07/2015

Cotação ****1/2

O projeto da  Sinfônica Pop da Fundação Clóvis Salgado, recebe periodicamente cantores convidados que se apresentam com sua orquestra. Desta vez a convidada foi a cantora paulista Mônica Salmaso, estando a regência da orquestra e arranjos entregues ao  renomado maestro Nelson Ayres. O programa teve o início com as peças instrumentais de Heitor Villa-Lobos As Três Cirandas: Nesta Rua, A Condessa e Passa, Passa, Gavião; além de Melodia Sentimental, muito bem apresentadas pela Orquestra, em arranjos especiais de Nelson Ayres. A seguir foi apresentada a cantora que esbanjou simpatia e competência em temas populares, com destaque para Ciranda da Bailarina, de Edu Lobo e Chico Buarque; Anos Dourados, de Tom Jobim e Chico Buarque; Camisa Amarela, de Ary Barroso; Tim-Tim por Tim-Tim, de Haroldo Barbosa e Geraldo Jaques. Uma bela noite para os amantes da música popular brasileira, que mais uma vez mostrou poder ser ao mesmo tempo popular e sofisticada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: