“Gypsy Woman”, com Curtis Mayfield

O genial Curtis Lee Mayfield escreveu “Gypsy Woman” aos 14 anos de idade, em 1957, inspirado por uma cigana que dançava ao redor de uma fogueira. Porém, ela só foi lançada em 1963, no álbum “The Impressions”, que também foi o lançamento dessa banda, liderada por Mayfield.

Este vídeo é de um show em 1990:

Pouco tempo após essa gravação, em 14 de agosto de 1990, Curtis Mayfield sofreu um sério acidente durante um show ao ar livre no Brooklyn, NY, e uma das torres de iluminação caius sobre ele, deixando-o paralisado da cintura para baixo. Sua vida sofreu um sério revés, mas após algumas pequenas melhoras, voltou a cantar e a gravar, ficando deitado em uma maca. Desta maneira, lançou um último álbum em 1996 (“New World Order”).

Em 1994, Curtis Mayfield recebeu o “Grammy Legend Award” por sua obra musical, em um evento que contou com a participação de grandes estrelas como B.B. King, Bruce Springsteen, Bonnie Raitt, Vernon Reid, Steve Winwood, Narada Michael Walden, Don Was, Tony! Toni! Tone! e muitos outros. No final da cerimônia, ele aparece em uma cadeira de rodas para agradecer. Emocionante!

Curtis Mayfield faleceu aos 57 anos de idade, em 26 de dezembro de 1999, vitimado por complicações da diabetes e do trágico acidente.

Permanecerá como uma das grandes personalidades da música R&B!

A música “Gypsy Woman” tem ótimas versões com diversos artistas, incluindo até Jimi Hendrix, mas são especialmente boas as versões com Ry Cooder e outra com Carlos Santana.

Grandes Temas de Abertura: A Clockwork Orange – Intro [HD] – 1971

A música de abertura de Laranja Mecânica é  “Music for the Funeral of Queen Mary – March” de Henry Purcell (1659-1695)

A Clockwork Orange é um filme clássico, realizado em 1971 uma adaptação dark e satírica do romance de Anthony Burgess (1962), com o mesmo nome. Malcolm McDowell fez o papel do psicopata Alex DeLarge, em interpretação brilhante, dirigido por Stanley Kubrick. A trilha era composta de músicas clássicas e do trabalho do tecladista e arranjador Wendy Carlos. Wendy Carlos (o nome anterior era Walter Carlos, 14 de novembro de 1939 em Rhode Island) , compositora e musicista de música eletrônica dos Estados Unidos, uma das primeiras artistas de música eletrônica a utilizar sintetizadores. Os incríveis anos 70 contarão a história de Wendy, mas por enquanto fique com a abertura que ela arranjou para Laranja Mecânica.

Jazz Round Midnight: Harold Mabern – You Don’t Know What Love Is

Jazz Round Midnight hoje também foi publicado pelo Sousa’s Blues Blog’n’Roll

Sousa's Blues Blog'n'Roll

O veterano HaroldMabern tocando seu inconfundível piano  no  Smalls Jazz Club em fevereiro de 2013, merece ser curtido.

Harold Mabern Piano
Paul Gill Bass
Peppe Merolla Drums

Ver o post original

Noite Instrumental Brasileira: Pepeu Gomes – Pout -pourri de chorinhos

Músicas do Pout-Pourri
– 1: Lamento (pixiguinha)
– 2: Noites cariocas (jacob do bandolim)
– 3: Alem do ceu (pepeu gomes)
– 4: aquarela do brasil (ary barroso)
– 5: assanhado (jacob do bandolim
– 6: Brasileirinho (waldir azevedo)

Formação:
Pepeu gomes – guitarra
Jorge Gomes – bateria
Davi Moraes – guitarra
Rannieri Oliveira – teclados
Andre Gomes – baixo

Gênero:
Choro

Show que ocorreu no Teatro do Sesc Paulista dia 05/04/2010

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: