Noite Instrumental Brasileira: Andrea Drigo – Pau de Arara (Luiz Gonzaga

Pesquisadora de canto contemporâneo, ou ‘arqueóloga da voz’, Andrea Drigo é multiinstrumentista, regente, diretora e compositora. Técnica em violão erudito pelo Conservatório Guiomar Novaes, tendo mestres como Henrique Pinto e Luis Carlos Tessarin; compositora e regente pela FAAM-SP, inclui em sua formação uma profunda pesquisa por diversos territórios culturais, que vão de musicalidades regionais e afro-brasileiras às paisagens sonoras orientais, com ênfase no estudo da música clássica indiana.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: