Lançamento: Jair Naves – Trovões a me Atingir (2015) – Crítica

COTAÇÃO : *** 1/2

Jair Naves, ex-Ludovic chega ao seu segundo disco solo com um forte apelo anos oitenta e ao praticamente falar as suas músicas ao invés de cantá-las ecoa Leonard Coehn e Gil Scott-Heron .  Resvala tem influência dos Titãs em sua fase mais romântica, já 5/4 (Trovões vêm me atingir) lembra Legião Urbana e poderia ser cantada por Renato Russo – o clima permanece na gostosa  Incêndios (O clarão de bombas a explodir), e na romântica B., com Bárbara Eugênia nos vocais,. Prece atendida, Em concreto, Deixe/ Force, No meu encalço mantêm o bom nível. O disco fecha com a bela Um trem descarrilhado, mas a impressão que fica é que a carreira de Jair está é entrando nos trilhos. Destaque para os convidados Guizado no trompete, Caio e Igor Bologna na percussão, Raphael Evangelista no violoncelo e dos brasilienses Camila Zamith do ‘Sexy Fi’ e Beto Mejia dos ‘Móveis Coloniais de Acaju’, que acrescentam alta qualidade instrumental.

Mais Jair Naves, inclusive Download gratuito do disco em Raras Músicas

Deixe um comentário

Arquivado em Jair Naves, Lançamentos, mpb

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s