Que falta você faz George…


Hoje fazem exatos 10 anos em que perdemos George Harrison, e o vitrola não poderia deixar de homenageá-lo.

George foi o Beatle,
.mais tímido: detestava entrevistas e a histeria dos fãs, George queria mesmo era tocar.
.o mais musicalmente talentoso: escreveu “a música mais romântica de todos os tempos” de acordo com Frank Sinatra, “Something”, além de vários outros sucessos para os beatlemaníacos como “Here Comes The Sun” e “Norwegian Wood”, além de completar Paul e John fazendo os mais famosos riffs de guitarra da década de 60 e 70.
.o mais renegado: Por ser tímido, John e Paul se destacavam mais (e adoravam), escondendo ainda mais o talento tímido de George, que se contentava em ser o guitarrista fiel.
.o mais tranquilo: George era tão tranquilo que nem a separação polêmica dos Beatles o abalou, ele seguiu gravando com Ringo, John e Paul, mesmo que separadamente.
.o mais pacífico: George começou muito antes de John Lennon a trabalhar seu lado espiritual, e com isso, caminhar para mais perto da paz. Foi ele também que, ao invés de agredir um invasor em sua casa, cantou trechos “Hare Krishna” para acalmar o agressor que o esfaqueou.
.o primeiro a fazer um disco triplo: George deu “um tapa de luva” na separação dos Beatles lançando “All Things Must Pass”, album triplo de sucessos do Beatle tímido que foram ignorados por John, Paul e seus empresários.
.o amigo fiel: George era tão fiel a seus amigos, que largou Pattie Boyd, sua esposa até 1973, para que Eric Clapton se casasse com ela…e a amizade continuou, com eles se chamando de “husbands in law”.
.o primeiro a visitar o Brasil: George adorava fórmula 1, e veio aqui, em 1979, no GP de Interlagos.
.o discreto: George morreu em paz, e em família, de uma maneira tão discreta, que nem seu filho Dhani Harrison soube onde ele havia morrido. Foi da maneira como ele queria, e suas cinzas foram levadas ainda no dia 29 de novembro, a Índia, e somente no dia 30 de novembro de 2001, sua morte foi noticiada pelos jornais mundiais.

George foi mais do que 1/3 de Beatles, foi um dos melhores guitarristas da história, foi um humanista, foi um herói. Foi discreto, como sempre foi, mas marcou todos os beatlemaníacos (ou não), com seu sorriso tímido, seu cabelo desarrumado e os dentes tortos. Ah George, que falta você faz…

Um comentário em “Que falta você faz George…

Adicione o seu

  1. Realmente George deixou muita saudade. Era o melhor músico dos quatro ecertamente o mais subestimado. Cabe lembrar ainda que antes de morrer êle ainda fez parte de um dos mais brilhantes conjuntos de rock sugidos no século passado: os Travelling Willburys com ninguém menos que Roy Orbinson, Bob Dylan, Tom Petty e Jeff Lynne. Só um cara como o George para reunir um timaço destes.

    Curtir

Deixe uma resposta para Mauro Silva Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: