Encontro Marcado – Sá,Guarabyra,14 Bis e Flávio Venturini – Chevrolet Hall – Belo Horizonte – 12/02/2011

O Vitrola esteve na noite do dia 12/02 no Chevrolet Hall em Belo Horizonte, para acompanhar o Show conjunto de Sá & Gyarabyra, 14 Bis e Flávio Venturini. Eram quase 23:00, quando, num Chevrolet Hall lotado,  Sá e Guarabyra subiram ao palco e, embora prejudicados por um defeito técnico, que criava zumbidos incômodos e distorções, mostraram a habitual competência e empatia com o público, cantando uma série de sucessos que nos embalaram  na segunda metade dos anos 1970 e primeira metade dos 1980. Como não se emocionar com canções como Roque Santeiro, Uma Velha Canção Rock and Roll, Dona e sobretudo com o final apoteótico cantando Sobradinho com o coro de toda a plateia ?

Após um pequeno intervalo, foi a vez de Flávio Venturini, apresentado por Sá, como antigo integrante de sua banda, indicado, na época,  por Milton Nascimento, subir ao palco e, depois de se apresentar com os dois, iniciar uma série de sucessos, conhecidos do público. Embora o local não fosse adequado para o tipo de música apresentado por Flávio, melhor para ambientes menores, como um teatro, alguns momentos foram marcantes como a belíssima Criaturas da Noite e a inspirada Caçador de Mim.

Mais um pequeno intervalo, para troca de alguns equipamentos e chegou a vez do 14 Bis. É impressionante observar como continua boa esta banda: solos perfeitos, equalização adequada, arranjos originais mantidos (tudo que uma plateia de fans deseja), muito boa relação com o público, escolha correta do repertório e sobretudo MUITA ENERGIA. O Chevrolet Hall cantou o tempo todo com o 14 Bis : Natural, Planeta Sonho, Linda Juventude, Nos Bailes da Vida, Canção da América … Não faltou motivo para cantar.

Para o bis final, voltaram todos para as inevitáveis: Bola de Meia,Bola de Gude e  Espanhola. Um bom show e uma agradável surpresa ver que pelo menos o público mineiro ainda adora estes seus idolos e que eles, felizmente ainda estão em muito boa forma. Longa vida: Sá,Guarabyra, 14Bis e Flávio Venturini !

Fim de Tarde

Acabei de ler o delicioso livro homenagem/auto biografia da Patti Smith: “Só Garotos”. Recomendo.

E como é fim de tarde, que tal uma sugestão roqueira ?

Aumente e o som e ponha para tocar este clip (1976) com a Patti Smith prenunciando o que viria a ser o Punk Rock (Obs. tem que ser alto !)

e depois de novo cantando “Gloria” de Van Morrison em 2007:

Tocou no meu IPOD


Nesta semana o tocou no meu IPOD é um pouco diferente. Como eu sempre reforço, aqui em casa temos um gosto peculiar pela música, graças a influência do meu pai. Mesmo que alguns gostos musicais tenham se diferenciado, nós sempre temos uma tendência a gostar de coisas que ninguém gosta (ou que não gostam por não conhecerem bem).

No caminho do trabalho, ouvindo meu querido shuffle, cai numa música que adoro, de um grupo não tão conhecido, o Grupo Rumo. O Grupo Rumo foi criado em 1972 por estudantes da escola de comunicação e artes da USP, liderado por ninguém mais, ninguém menos que Luiz Tatit (para aqueles que não sabem ele é aquele cara que canta aquela música do ratinho no chuveiro do Castelo Rá-Tim-Bum, sabe? e que também fez aquela propaganda da johnson’s baby do cabelo enroladinho! veja os links abaixo) e que também tinha como companheira a nossa querida Ná Ozzetti, grande cantora da MPB.

(O ratinho do castelo rá tim bum, quem não lembra?)

(e a propaganda fofa da johnson’s baby)

Bem, voltando ao assunto, no Grupo Rumo todos eram estudantes ou graduados em música, o que permitia que fizessem canções nas mais perfeitas harmonias. Mas então porque o Grupo Rumo não ficou tão famoso? É simples, por serem tão bons e tão perfeitos, harmoniosamente falando, o Rumo fazia músicas que fugiam do padrão escutados por nós, reles mortais. São músicas que falam de gente, de bicho, de arte, mas de uma maneira única.

Eu gosto tanto porque cresci ouvindo o Carnaval do Geraldo, ou então Daninha e a Pulga. São músicas excelentes para crianças, mas que são tão excelentes, que são boas para nós adultos. No começo pode soar estranho, e até parece que eles estão tocando fora do ritmo, mas não tem uma nota saindo do tom.

(Carnaval do Geraldo)

(Daninha e a Pulga)

Por mais que o Grupo Rumo tenha acabado (e é uma pena que isto aconteceu) eu acho que é nosso papel (e como nosso eu digo nós daqui de casa, e de outros amantes anônimos do Grupo Rumo) de divulgar este trabalho que é tão importante para a música popular brasileira, afinal, não é todo dia que um grupo de artistas formados em música resolvem tocar pra qualquer um ver. Minha grande tristeza é não poder vê-los ao vivo juntos!

A música que inspirou meu post não tem no youtube, chama Época de Sonho (aquela da Vera Gabi! ;)), e eu ainda recomendo outra que chama Ninguém Chora Por Você. São duas pérolas. E para fechar o post eu coloco mais uma do Luiz Tatit:

(Felicidade)

Esta Noite se Improvisa – Resultado Final !

E chegamos ao final de nosso Concurso, após 10 palavras e muitos posts.

Nesta semana a Lígia selou sua vitória, enviando : ” Dois Olhos Negros” de Lenine

“É como se eu fosse um colegial
Diante da equação
O quadro, o giz
A curiosidade do aprendiz
Diante de você…

Paulo Souza, chegou em segundo com:”Mapa da Vida” de William Tibério

“…Qual o segredo, o mistério
Qual o desejo que eu quero
Qual o caminho o destino
Qual o futuro seguro
Me explique por favor

Me dê o mapa da vida
Leia a minha mão
Um dicionário, um sentido
Resolva a equação…”

O palpite do Blog era “2001” dos Mutantes.

“Astronauta libertado
Minha vida me ultrapassa
Em qualquer rota que eu faça
Dei um grito no escuro
Sou parceiro do futuro
Na reluzente galáxia

Eu quase posso palpar , a minha vida que grita
Emprenha e se reproduz, na velocidade da luz
A cor do céu me compõe, o mar azul me dissolve
A equação me propõe, computador me resolve
Aahhh”

O resultado final:

  1. Lígia Passos625 pts
  2. Paulo Souza 550 pts (+1 acerto)
  3. Marina Sousa 175 pts (+ 2 acertos)
  4. Gabriela Sousa 150 pts (+2 acertos)
  5. Natália M. 100 pts (+1 acerto)
  6. ZéNerson e J.Pedro 50 pts

Linha do Tempo: Buddy Bolden

 

(Nova Orleans *06/09/1877 – Nova Orleans +04/11/1931)

foi um cornetista Afro-americano considerado importante figura no desenvolvimento do estilo de Nova Orleans, o Ragtime, estilo no qual viria a se tornar conhecido mais tarde como jazz. É tido como um dos pais do Jazz, por ter adicionado influências do Blues ao Ragtime. Quando fez 30 anos passou a apresentar sintomas de psicose alcoolica e foi então internado em uma instituição psiquiátrica, onde passou o restante de sua vida.

Canções Essenciais:

Bucket’s Got a Hole

Red Rose Rag

Too Much Mustard

Louis Armstrong executa ” A Bucket’s Got a Hole” sucesso de Buddy Bolden

Esta Noite se Improvisa #9 (Resultado)

E entramos na reta final –  o panorama foi alterado e o grande vencedor está indefinido.

Lígia fez 100 pts, outra vez, com “Vida Bandida” – Lobão:

“Chutou
A cara do cara caído, traiu
Traiu seu melhor, seu melhor amigo
Bateu, corrente, soco inglês e canivete

Marina foi a segunda (50 pts) com “Camisa Listrada” de Assis Valente

“Vestiu uma camisa listrada e saiu por aí
Em vez de tomar chá com torrada ele tomou parati
Levava um canivete no cinto e um pandeiro na mão
E sorria quando o povo dizia: sossega leão, sossega
leão”

A Gabriela foi a terceira (25 pts) com ” Xote do Edificio” de Zeca Baleiro

“Se voce quiser te dou meu coracao
Arranco ele do peito com canivete
Doi um pouco mas depois passa
Como tudo passa, o trilho, o trem…”

Paulo Souza,mais uma vez, não pontou, mas mandou a sua contribuição: “Nem que chova canivete” de Ataulfo Alves

 

” Nem que chova canivete, Odete
Nem se o sol refrigerar, Guiomar
Nem que o cinco vire sete, Arlete
Eu não deixo Dagmar sambar…”

Desta vez ninguém acertou o palpite do Blog, que era “A Praça” de Ronnie Von

“…Beijei aquela árvore
Tão linda onde eu
Com o meu canivete
Um coração eu desenhei
Escrevi no coração
Meu nome junto ao seu
Ser seu grande amor
Então jurei…”

O nosso placar atualizado:

  1. Lígia Passos 525 pts
  2. Paulo Souza 500 pts (+1 acerto)
  3. Marina Sousa 175 pts (+ 2 acertos)
  4. Gabriela Sousa 150 pts (+2 acertos)
  5. Natália M. 100 pts (+1 acerto)
  6. ZéNerson e J.Pedro 50 pts

A última palavra está sendo cuidadosamente escolhida pela nossa equipe e será divulgada amanhã. Se não houver acertador a rodada fica anulada e outra palavra será apresentada, até que haja pelo menos um acertador. Aguardem

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: