Essa Noite se Improvisa na Vitrola dos Sousa – Resultado

Não é que o pessoal está afiado ? Tivemos três acertadores, e assim está aberta a disputa ao Trofeu Caetano Veloso, como Campeão do Esta Noite se Improvisa:

1. O primeiro a responder foi Paulo Souza, com a música “Sobrancelhas” , do Biquini Cavadão, marcando assim 100 pontos. Clique no link abaixo para escutar a música (Não achamos versão no You Tube)

Biquini Cavadão

Composição: Alvaro, Bruno, Miguel, Sheik, Coelho

Ao passar naquela tarde por seu corpo
Que insistia em te levar para algum lugar
Seus olhos me tocaram
Com um leve cumprimento de sobrancelhas

Eu repeti, eu te imitei
Como se fosse um ritual
Mas qual, você seguiu seu rumo
E eu segui o meu

E esse gesto poderia ser “Alô”, “Adeus”
“Como tem passado ?”,
“Estou com saudade” ou “Não olhe pra mim”…
Pena, pena que seja assim…
Ah, se ao menos te dissesse com palavras…
Mas não faço
Palavras me desculpem, o silêncio é fundamental
Pena, pena que seja assim

E por instantes não me lembro
De ter visto vida a minha frente
Piloto automático, segui pelo pátio
Mas não indiferente

Aguardando a próxima vez
Em que eu pudesse vê-la
Em que pudesse fazer algo mais
Que um cumprimento de sobrancelhas.

2. O segundo a responder foi outro Souza – João Pedro A.Souza, que marcou 50 pontos, com a música: Singular do Lulu Santos, que pode ser conferida abaixo:

Singular

Compositor: Lulu Santos

É um fato incomum, é um encontro singular
que não existe similar não consta em compêndios
A gente toca o barco conforme a maré
e fica flutuando vem a água que vier
Os bem-aventurados dão cambalhotas no ar de satisfação
A mediocridade sempre cabe no latido invejoso e covarde do cão
Enquanto a caravana roda indiferente ao au-au-au
A cabine tem ar-condicionado, o som é sensacional
A gente se entende de uma sobrancelha
e se completa feito água e sabão em pó

É um fato incomum, é um encontro singular
que não existe similar não consta em compêndios
A gente toca o barco conforme a maré
e fica flutuando vem a água que vier
Os bem-aventurados dão cambalhotas no ar de satisfação
A mediocridade sempre cabe no latido invejoso e covarde do cão
Enquanto a caravana roda indiferente ao au-au-au
A cabine tem ar-condicionado, o som é sexacional
A gente se entende de uma sobrancelha só
E se completa feito água e café, leite e cacau.
Fogo e pólvora em pó…

3. A Terceira foi a Lígia Passos, que mostrou toda sua cultura musical desencavando uma antiguidade de Noel Rosa : “Seu Jacinto” , faturando 25 pontos – Confira abaixo:

Seu Jacinto

Noel Rosa

O que eu sinto e não consinto
É seu cinto se afrouxar
Seu Jacinto aperta o cinto
Bota as calças no lugar

O seu Jacinto tinha que comprar feijão
Mas não tinha um só tostão
E o caixeiro estava duro
Ele não gosta de pagar feijão à vista
Porque sendo futurista
Paga sempre pro futuro

O seu Jacinto que é cheio de chiquê
Eu não sei dizer por quê
Dorme de cartola e fraque
Anda dizendo que o seu sonho dourado
É morrer esmigalhado
Por um carro Cadillac

O seu Jacinto já arranca a sobrancelha
E só bebe mel de abelha
Para ser um doce amor
A tia dele que até hoje é melindrosa
Quer ser leve e vaporosa
E tomar banho de vapor

Quando tem baile lá na casa da Teresa
Ela faz pano de mesa
Com o lençol que cobre a cama
Bota nos copos água usada na banheira
Depois diz à turma inteira
Que é cerveja lá da Brahma


Em tempo, a resposta da Vitrola dos Souza era : “Miss Sueter” com João Bosco:

Miss Sueter

João Bosco

Composição: João Bosco / Aldir Clanc

Fascínio tenho eu
Por falsas louras
(aí, a negra lingerie)
Com sardas
Sobrancelha feita a lápis
E perfume da Coty

Na boca
Dois pivots são graciosos
Entre jóias naturais
E olhos tais minúsculos aquários
De peixinhos tropicais
Eu conheço uma assim
Uma dessas mulheres
Que um homem não esquece
Ex-atriz de TV
Hoje é escriturária do INPS
E que, dia atrás
Venceu lá no concurso de
Miss Suéter

Na noite da vitória
Emocionada, entre lágrimas falou:
– “Nem sempre a minha vida foi tão bela
Mas o que passou, passou…
Dedico esse título a mamãe
Que tantos sacrifícios fez
Pra que eu chegasse aqui, ao apogeu
Com o auxílio de vocês”
Guardarei para sempre
Seu retrato de miss com cetro e coroa
Com a dedicatória que ela
Em letra miúda, insistiu em fazer:
“Pra que os olhos relembrem
Quando o teu coração infiel esquecer”

Aguardem a próxima edição ao longo da semana…

Um comentário em “Essa Noite se Improvisa na Vitrola dos Sousa – Resultado

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: