TOP TOP: The Beatles

O TOP TOP é uma coluna inspirada naquele legendário programa da MTV (e que eu particularmente adoro!) em que os VJs Leo Madeira e Marina Person listam um TOP 10 de vários assuntos interessantes e bizarros. Como eu não sei se o programa ainda existe (e se existe, eu com minha vida de proletariado, não consigo mais assistir) resolvi ressucitá-lo aqui na nossa vitrola.

Ainda em clima de Beatles, na onda do show do Paul, e nesse vício que nunca acaba que é a “beatlemania”, resolvi citar o MEU TOP TOP (deixo bem claro que é o meu, aberto a sugestões, críticas, elogios e outras coisas mais) das músicas destes que são um dos meus maiores (senão os maiores) ídolos.

Deixando a “babação” de lado aqui segue o TOP 5 da Marina Sousa para The Beatles:

Nº5: Hey Bulldog (John Lennon/1969)

Não há nada demais na letra, nenhum exagero a lá John Lennon. A música é simplesmente minha nº5 do TOP TOP por seu pianinho delicioso no começo, além de um baixo sedutor de Paul. E é claro, o refrão é uma delícia de cantar: “You can talk to me, if you’re lonely you can talk to me…”

 

Nº4: I Me Mine (George Harrison/1970)

“I Me Mine” é uma música que começa a descrever o fim dos Beatles. Não que isto seja um ponto positivo para a banda, mas talvez serviu para que George tivesse mais espaço como músico e autor de boas músicas. A guitarra no início da música caracteriza “I Me Mine” como uma canção de Harrison, e a mudança de ritmo do início para o refrão é um luxo a parte, adoro! E uma observação interessante, John não participou da gravação desta música, será por isto que ela soa tão leve? (eu e minhas implicâncias com John =p )

 

Nº3: Golden Slumbers, Carry That Weight, The End (Paul McCartney/1969)

Eu me dei o direito de escolher 3 músicas em uma posição. Especialmente porque elas propositalmente se completam, em mais uma genialidade de McCartney. Estas não são as únicas músicas do quarteto que se completam, porém são minhas favoritas. Golden Slumbers e Carry That Weight se encaixam tão bem que quando você escuta o Abbey Road não percebe que trocamos de faixa. The End talvez não se encaixe tão bem quanto as outras (e era para ser a música final do LP se não fosse a inclusão de Her Majesty), mas merece destaque por permitir que os fab four mostrassem suas habilidades músicais: John, Paul e George oscilando em solos de guitarra e Ringo se destacando em um maravilhoso solo de bateria. E é claro, termina com uma das mais belas frases (mas a cara de John) entoada pelos Beatles: “And in the end, the love you take is equal to the love you make”.

 

Nº2: Yer Blues (John Lennon/1968)

Este lado B do White Album é a prova de que John Lennon não era só um letrista chato, mas era um grande músico. Um blues, delicioso, para nenhum BB King, Eric Clapton ou qualquer outro botar defeito. Letra simples, boa guitarra, e bom acompanhamento de baixo e bateria. Precisa mais do que isto John? E olha, você entrou no meu top 2! =p

Nº1: A Day In Life (Lennon/McCartney/1967)

Foi difícil escolher a nº1. Mas ultimamente tenho apreciado as músicas dos Beatles que tem mudanças de ritmo, de harmonia e de cara. “A Day In Life” é isto. É John e Paul, é o poético e o pop, o alegre e o triste, é a prova de que eles eram essenciais juntos, porém nitidamente diferentes. Não há quem não se emocione com o “oh boy” de John na primeira frase da música, e quem não mexa os pezinhos de alegria na hora que entra Paul e seu piano inconfundível. Além de ser a primeira música com a entrada de uma orquestra na melodia. É por isto que ela é meu TOP 1.

 

É claro que o TOP TOP (especialmente dos Beatles), é mutável, afinal meu gosto é que nem roupa, muda todo dia, e cada dia gosto de algo mais ou menos. Mas a essência está ai! E ai? Qual é o seu TOP TOP dos Beatles?

 

3 comentários em “TOP TOP: The Beatles

Adicione o seu

  1. 1. nenhum exagero à la John Lennon? Hey Bulldog tem simplesmente a frase mais John Lennon de todas as músicas: “what makes you thing you’re something special when you smile?”. Ótima escolha 🙂

    2. I Me Mine é uma das melhores do George, sem dúvida.

    3. Yer Blues, sem comentários. Uma das minhas favoritas.

    4. A Day In The Life é uma obra prima, prova de que não há parceria mais perfeita que Lennon e McCartney. A melancolia de John em “I read the news today, oh boy…” é de doer. E o Paul tocando ao vivo, foi espetacular.

    Excelente seleção, pequena. E sorry por tecer longos comentários 🙂

    Beijão

    Curtir

      1. Prima,
        essa seleção sua tá TOP TOP mesmo! Mas, na minha seleção eu não poderia deixar de colocar “Something” e “And I love her”, pra mim, essas são as melhores sem dúvida, só não saberia colocar qual é a melhor entre as duas. hehe
        Beijos

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: